E-Chords
Xangai

Matança(Chords)

Xangai

roll up this ad to continue

Key: G
Intr.: G C G C G  

G                   C           G 
Cipó caboclo tá subindo na virola  
                   C             D 
chegou a hora do pinheiro balançar  
            A                 G 
Sentir o cheiro do mato da imburana  
      A              G         C           G 
Descansar morrer de sono na sombra da barriguda  
                     C              G 
De nada vale tanto esforço do meu canto  
                         C               D 
Prá nosso espanto tanta mata ah já vão matar  
              A                   G 
Tal Mata Atlântica e a próxima Amazônia  
A             G           C          G 
Arvoredos seculares impossível replantar  
                       C            G 
Que triste sina teve Cedro nosso primo  
                     C          D 
Desde menino que nem gosto de falar  
            A                     G 
Depois de tanto sofrimento seu destino  
        A          G       A               G 
Virou tamborete, mesa, cadeira, balcão de bar  
                       C           G 
Quem por acaso ouviu falar da Sucupira  
                      C         D 
Parece até mentira que o Jacarandá  
       A         G 
Antes de virar poltrona, porta, armário  
       A          G        C          G 
Moro no dicionário vida eterna milenar  
            D  A       C    G 
Quem hoje é vivo corre perigo  
       D          C                 D 
E os inimigos do verde da sombra o ar  
             A      C      G 
Que se respira e a clorofila  
           D        C             D 
Da mata virgem destruída vão lembrar  
C                     G    C               G 
Que quando chegar a hora é certo que não demora  
C                   A                  D 
Não chame Nossa Senhora só quem pode nos salvar  
  G                     A         G        A 
ÉÉÉ...., Caviuna, Cerejeira, Baraúna, Imbuia, Pau-d´aco,  
G            A        G 
Solva, Juazeiro e Jatobá  
                    A        G           A         G 
Gonçalo Alves, Paraíba, Itaúba, Louro, Ipê, Paracaúba,  
    C            G 
Peroba, Maçaranaduba  
                    A          G          A      G       C          G 
Carvalho, Mogno, Canela, Imbuzeiro, Catuaba, Janaúba, Aroeira, Araribá  
                         A        G           A        G          C           G 
Pau-ferro, Anjico, Amargoso, Gameleira, Andiroba, Copaíba, Pau-Brasil, Jequitibá  
            D  A  C     G 
Quem hoje é vivo, corre perigo  
  
  
Repete do início 

share this page

See Also: