E-Chords
Sirano & Sirino

Mulher Ingrata(Chords)

Sirano & Sirino

roll up this ad to continue

Key: A
Intro: falado...

A	   E        D	                  A
Mulher ingrata e fingida, não ignore eu dizer,
	     E		    D		A
Todo mau da minha vida, só vem do seu proceder
	 Bm				    D		      E	            A
Seguistes nos meus encalços, com sorrisos e beijos falsos me deixando alucinado,
       Bm			  D		E	             A
Meu sofrimento é sem pausa, ô mulher por tua causa vou morrer embriagado...
A	   E        D	                  A
Embriagado eu percebo que um dos dos meus camaradas,
	     E		    D		A
Me pergunta porque bebo pra cair pelas calçadas,
	 Bm				    D		      E	            A
Eu ergo a cabeça erguida, mas conto para os meu amigos, não bebo por vaidade,
       Bm			  D		E	             A
Eu bebo pra espairecer uma magoa esquecer, de quem me fez falsidade
A	   E        D	                  A
Toda a minha desventura foi amar quem não me ama
	     E		    D		A
Não há quadro de amargura, o meu coração reclama,
	 Bm				    D		      E	            A
O que mais me diminui é eu lembrar aquele apoio da alta sociedade
       Bm			  D		E	             A
Pra hoje eu viver sozinho triste igual um passarinho na gaiola da saudade...
A	   E        D	                  A
Minha família comenta porque eu vivo desse jeito,
	     E		    D		A
Minha mãe chora e lamenta papai vive satisfeito,
	 Bm				    D		      E	            A
Minha mãe me reclamando, e papai me abraçando já vendo a hora eu morrer,
       Bm			  D		E	             A
Com o rosto molhado o canto me pede pra todo o santo pra eu deixar de beber
A	   E        D	                  A
Quando passa a alegria e aí que o desejo passa
	     E		    D		A
Mais não há garantia, juro que não bebo mais,
	 Bm				    D		      E	            A
Quando eu vejo os namorados se beijando e agarrados, bom aquilo é muito horroroso,
       Bm			  D		E	             A
A saudade dela vem, é muito grande meu rei, o jeito é beber de novo...
A	   E        D	                  A
Minha vida é mal vivida por causa dessa mulher,
	     E		    D		A
Assim vou levando a vida até quando Deus quiser,
	 Bm				    D		      E	            A
Quando vem anoitecendo, ergo a cabeça dizendo vento me faça um favor.
       Bm			  D		E	             A
Você que vem do além traga notícia também de quem já foi meu amor.
A	   E        D	                  A
Triste de quem se apaixona como eu me apaixonei,
	     E		    D		A
Foi por causa dessa dona que eu me degenerei,
	 Bm				    D		      E	            A
Quando eu estou bebendo minha mãe chega dizendo 'vai pra casa filho amado'
       Bm			  D		E	             A
Saio pelas ruas tombando e povo apresentando 'êta homem apaixonado'
share this page

See Also: