E-Chords
Manoel Nerys

Nas Trilhas Do Reino(Chords)

Manoel Nerys

roll up this ad to continue

Key: G
Intro: G  Em  D  C  G7  C  C4  G  Am  C  G 

G 
Desamarre a canoas; 
       Em 
Põe a mochilas nas costas. 
    D 
Lá fora ainda faz noite, 
  C                                         G     G7 
a luz vem no horizonte e um novo sol vai brilhar. 

 C                                 C4 
Tome o remo nas mãos, temos que navegar! 
G                                   G#5 
Na fraternura, seguir o jovem bom pastor 
         Am 
Pelas trilhas, com nossa bandeira 
C                               G 
ao som da canção, na viola e tambor. (bis) 

F                 C 
E no encontro das águas 
      D                 G 
partilhamos a vida e o pão 
C                 G 
Nossa força e alimento, 
    Am        D      G 
A utopia do mundo irmão.(bis) 

G 
Vem entre na roda, neste passo,  

No compasso de um abraço;  
                   Em 
Faz sorrir meu coração. 
A 
Como brisa leve que balança,  
                    C 
Faz assanhar o banzeiro,  
                   G 
quando aperto tua mão!(bis) 

G 
Juventude, brasileira,  
      Em 
um mosaico de cores; 
  D 
amantes da justiça, 
   C                             G     G7 
Os ídolos da morte, tu vais denunciar. 
   C                                  C4 
Ó Mestre moreno onde moras, onde tu estás? 
    G 
No jovem irmão oprimido vinde e verás!   
        Am 
Transformai as cidades dos homens 
    C               G 
na 'civilização do amor'. 

F                 C 
E no encontro das águas 
      D                 G 
partilhamos a vida e o pão 
       C            G 
Nossa força e alimento, 
    Am        D      G 
A utopia do mundo irmão. 

G 
Vem entre na roda, neste passo,  

No compasso de um abraço;  
                   Em 
Faz sorrir meu coração. 
A 
Como brisa leve que balança,  
                    C 
Faz assanhar o banzeiro,  
                   G 
quando aperto tua mão!(bis) 

2ª Vez: 

A 
Juventude, brasileira,  
   F#m 
um mosaico de cores; 
  E 
amantes da justiça, 
   D                               A    A7 
Os ídolos da morte, tu vais denunciar. 
   D                                     D4 
Ó Mestre moreno onde moras, onde tu estás? 
    A                             A#5 
No jovem irmão oprimido vinde e verás!   
        Bm 
Transformai as cidades dos homens 
    D                A 
na 'civilização do amor'.(bis) 

G                   D 
E no encontro das águas 
      E                 A 
partilhamos a vida e o pão 
       D          A 
Nossa força e alimento, 
     Bm       E      A 
A utopia do mundo irmão.(bis) 

A 
Vem entre na roda, neste passo,  

No compasso de um abraço;  
                  F#m 
Faz sorrir meu coração. 
B7 
Como brisa leve que balança,  
                  D 
Faz assanhar o banzeiro,  
                     A 
é quando aperto tua mão!(bis) 
share this page

See Also: