E-Chords
Leo Canhoto e Robertinho

Mundo velho sem porteira(Chords)

Leo Canhoto e Robertinho

Key: A
Introdução: A E7 A E7 A  
 
A 
Se eu pudesse estaria agora  
                                                                                                              E7 
Agarradinho com quem me adora, bebendo um trago e curtindo um som  
 
Mundão velho sem porteira  
                                                                         D              E7           D  A  
Eu  amarrava aquela fogueira, mas que lasqueira, mas que trem bom!  
 
Não posso viver sem ela  
                                                                              A7                            D                     
Quando me lembro dos beijos dela, quando me lembro que ela me ama   
                    E7              A 
Saudade agarra a apertar 
                                          E7                                                 A 
Eu sinto vontade até de urrar, sair por mundo comendo grama.... 
 
A 
O cabra quando é valente 
                                                                                                   E7 
Sendo machão finge que não sente, mas ele vive num desespero  
 
Fica quieto com dor na alma 
                                                             D         E7           D  A  
Nos braços ele se acalma, fica mansinho igual um carneiro... 
 
O cara que está distante  
                                                    A7                                               D                     
Lembra seu bem a todo instante, coração pula, o sangue esquenta  
                               E7              A 
Quando o sujeito está apaixonado  
                                       E7                                                 A 
Soluça, chora e fica calado, assim não tem tatu que agüenta.  
 
A 
Pra quem ama não tem distancia  
                                                                                                  E7 
Não tem fronteira, o sujeito avança, só pra ver seu amor preferido... 
 
Quem ama mulher casada 
                                                      D                    E7                  D   A  
É perigoso na encruzilhada, um quarenta e quatro no pé do ouvido. 
 
O amor é cego e não tem preço, 
                                                         A7                                               D 
É a dor mais triste que eu conheço, não tem cientista quem vai dar jeito  
                         E7           A 
O amor é igual  um erupção  
                                                 E7                                                  A 
Que derrama fogo igual um vulcão explodindo tudo dentro do peito. 
 

roll up this ad to continue

share this page

See Also: