E-Chords
Jorge Luiz e Fernando

Riozinho(Chords)

Jorge Luiz e Fernando

Key: E
                          

                                      
           E          C#m         G#m  
MEU RIO PEQUENO, BRAÇO LÍQUIDO DOS CAMPOS.  
    A         E         C#m         B7 
RODEADO DE BARRANCOS CORROÍDO PELOS ANOS  
         E            C#m        G#m  
VAI ARRASTANDO FOLHAS MORTAS E SAUDADES  
        A            E          B7           E  
PÔR DO SOL DE MUITAS TARDES, ILUSÕES E DESENGANOS.  
  
       F#m        C#         F#m  
USANDO VALES CHAPADÕES E PANTANAIS  
     E           B7             A        B7  
BEBEDOUROS DE PARDAIS, CAMPO ESPELHO DE LUAR.  
         E           C#m          G#m  
O SEU ROTEIRO NÃO TEM VOLTA SÓ TEM ÍDA  
     A           E            B7          E  
PRA FINDAR A SUA VIDA NA AMPLIDÃO AZUL DO MAR  
  
          A           B7             E                     
RIOZINHO AMIGO, SÃO IGUAIS AS NOSSAS ÁGUAS.  
       A               E          C#m            B7  
TAMBEM TENHO UM RIO DE MÁGOAS A CORRER DENTRO DE MIM  
        E             A        E  
USANDO N'ALMA CAMPOS SECOS E DESERTOS  
      A              E         B7         E  
CADA VEZ VENDO MAIS PERTO O OCEANO DO MEU FIM  
  


                 C#m              G#m  
RIOZINHO AMIGO NASCESTE JUNTO À COLINA.  
       A              E     C#m             B7  
ERA UM RIO D'ÁGUA DE MINA E CRESCEU TÃO LENTAMENTE  
           E      C#m                G#m  
VARZEANDO MATAS, RAMAGENS, JUNCOS E FLORES.  
      A           E      B7             E  
PASSARINHOS MULTICORES SEGUIRAM VOSSA CORRENTE  
  
         F#m            C#         F#m  
RIOZINHO AMIGO, QUANTAS VEZES ASSISTIU.  
  E               B7      A                B7  
ACENOS DE QUEM PARTIU, ENCONTRO DOS QUE CHEGARAM.  
         E         C#m             G#m  
FOI TESTEMUNHA DE MUITAS JURAS DE AMOR  
         A           E        B7        E  
QUANTAS LÁGRIMAS DE DOR SUAS ÁGUAS CARREGARAM  
  
                        C#m       G#m  
RIOZINHO AMIGO SOBRE A AREIA DO REMANSO  
   A              E          C#m         B7  
ANIMAIS EM SEU DESCANSO, ALÍ VEM MATAR A SEDE.  
         E            C#m           G#m  
AS BORBOLETAS EM SUAS MARGENS SE AMONTOAM  
     A           E           B7               E  
E DEPOIS ALEGRES VOAM NA AMPLIDÃO DOS CAMPOS VERDES  
  
  
          F#m          C#m       F#m  
A BRISA ENCRESPA O SEU ROSTO DE MENINO  
       E              B7                    B7  
COMO O MAIS TERNO E DIVINO BEIJO DA MÃE NATUREZA  
          E            C#m      G#m  
LINDAS PAISAGENS, MADRUGADAS COLORIDAS.  
   A             E             B7        E  
ENCONTROS E DESPEDIDAS SEGUEM VOSSA CORRENTEZA 

roll up this ad to continue

share this page

See Also: