E-Chords
Daniel Hack

De Lá De Fora(Chords)

Daniel Hack

Key: C
C                                        F 
Me agrada a vida do campo onde relincham cavalos 
                     G                       C 
De peões que atiram laços sempre a procura de um pealo 
                                     F  
A cachorrada latindo quando é dia de rodeio 
                C           G                  C         
Ranger de louro e carona, tilintar de espora e freio 
                C           G                  C         
Ranger de louro e carona, tilintar de espora e freio 
               F          G              C 
Sentir o vento minuano, batendo forte na cara 

                   G                 C 
'Escabelando' as crinas da gateada mala-cara 

              F                 G.           C 
Que se vai ao 'trotesito' entre cincha xerga e basto 
                     Bb 
Nas invernadas da estancia 
                     C       G  C 
Pisoteando a alma do pasto 

C.       G.         C        G.              C    
Por isso e por muito mais, que eu gosto do interior 
G.              C            G.       C      
Assim a vida lá fora e tem um grande valor 
C.       G.   C         G.            C    
Lá se aprende o respeito e uma bondade fraterna 
G.           C            G.          C      
E num aperto de mão se faz só amizade eterna 

C                                        F 
Lidar com aporreados é coisa que mais me agrada 
                     G                       C 
Não tenho medo de potro e não me entrego por nada 
                                     F  
Eu não refugo serviço por mais bruto que ele seja 
                C           G                  C   
Me 'gusta' estar na campanha e toda sua 'rudeza'(2x) 

               F          G              C 
As madrugadas cumpridas e as 'mateadas' de galpão 
                   G                 C 
O linguajar 'campechano' da prosa simples do pião 
        F                 G.           C 
Os avisos pelo rádio no informativo rural 
                     Bb 
O verso chucro a poesia 
                 C       G  C 
De um jeito velho bagual 
                 C       G  C 
De um jeito velho bagual 

C.       G.         C        G.              C    
Por isso e por muito mais, que eu gosto do interior 
G.              C            G.       C      
Assim a vida lá fora e tem um grande valor 
C.       G.   C         G.            C    
Lá se aprende o respeito e uma bondade fraterna 
G.           C            G.          C      
E num aperto de mão se faz só amizade eterna 

roll up this ad to continue

share this page

See Also: