Edinho Perlin

Domando Pro Serviço(Chords)

Edinho Perlin

Key: D

roll up this ad to continue

	        Intro: D  G  D  A7  F#7  Bm  G  D  G  D7  D 

D                                 G         D 
Busquei no fundo do campo uma potrada fina flor 
                                              A7 
Pra apartar conforme o tino e os olhos de um domador 
               F#7                         Bm 
O patrão já me pediu pra domar essa bagualada 
     G                D     A7           D7 
Que tudo tem sangue bom e raça de crioulada 
    G                D     A7           D  D7 
Que tudo tem sangue bom e raça de crioulada 

D7                 G     A7               Bm 
(pode deixá meu patrão, que já no ano que vem       
 
                    A7                      D7 ( D ) 
Vamos ter uma tropilha, igual a que ninguém tem.) 

D                            G         D 
Pro senhor esse lobuno com pelo de cerração 
                                         A7 
Vou deixar manso pra tudo_um cavalo de patrão 
             F#7                         Bm 
Pro afilhado a petiça, tem os óio de atrevida 
           G          D           A7           D7 
Mas se acalma no sogueiro, e nas manhãs de recolhida. 
           G          D           A7           D  D7 
Mas se acalma no sogueiro, e nas manhãs de recolhida. 

D7                 G     A7               Bm 
(pode deixá meu patrão, que já no ano que vem         
                    A7                      D7 (D) 
Vamos ter uma tropilha, igual a que ninguém tem.) 

D                            G         D 
E pra indiada bocona, que não refuga serviço 
                                         A7 
Esta safra de gateados, que de estampa é um viço 
             F#7                         Bm 
Após a doma eu duvido, da boca da vizinhança 
       G          D   A7                  D7 
Que continue falando, mal de cavalo essa estância 
       G          D   A7                  D  D7 
Que continue falando, mal de cavalo essa estância 

D7                 G     A7               Bm 
(pode deixá meu patrão, que já no ano que vem        
                    A7                      D7 (D) 
Vamos ter uma tropilha, igual a que ninguém tem.)
	        

Written by Alex Silveira / Rogério Melo

See Also: